Perfil

Jorge Chaib: tradição na história de Teresina e do Direito

Ele estudou Comércio e Direito, trabalhou em ambas atividades, mas se dedicou com paixão à segunda. Mora há 50 anos no mesmo lugar e, já aposentado, se dedica a escrever. Tradição, história e simpatia são ingredientes de uma boa "prosa" com ele.

Terça-feira, 12 de Setembro de 2006

O patriarca da família a Chaib, o senhor Azar Salomão Chaib, foi um dos que contribuíram para o desenvolvimento de muitas atividades em Teresina, como o comércio, que marcadamente tem o peso da colônia sírio-libanesa que se aglutinou no Piauí. Mas não foi só essa sua contribuição. Um de seus descendentes, o jurista Jorge Azar Chaib, atuou no Comércio, mas também decidiu investir na área do Direito, sua grande paixão. Hoje, já aposentado, Jorge Chaib se dedica a escrever livros e a direcionar a família nas tradições jurídicas. Dos cinco filhos, três seguem sua profissão como exemplo.

Jorge Chaib lembra que o pai era sírio da vila de Malula e veio para o Piauí no início do século passado com dois sobrinhos, fugido da invasão turca naquele país. Aqui fizeram a vida no comércio. ?Lá na Síria corria a notícia que na América havia se descoberto petróleo e ouro e as pessoas saiam de lá para fazer a América, só que essa América era nos EUA, no Texas. Meu pai tomou um navio e desembarcou na França, lá o primeiro vapor que disseram que ia para América ele embarcou, só que a América era a do Sul e ele foi parar em Recife. Sem dinheiro para voltar, ficou no Brasil e foi tentar encontrar um parente, o Abib Salim Tajra, que tinha uma loja no mercado em Teresina. Aqui então começou a trabalhar com ele até fundar a loja Bon Marché com os sobrinhos, na Rua Paissandu?, relata.

Aliás, a Rua Paissandu faz parte da história da família dos Chaib, foi nela que seu Azar morou e criou a família (10 filhos), constituiu a famosa loja Bon Marché e é nela em que Jorge Chaib mora até hoje. ?Há cinqüenta anos moro no mesmo lugar, aqui perto tem tudo que preciso: supermercado, hospital, meu cardiologista, banco. Quando penso em sair, mais uma facilidade aparece e vou ficando. Gosto do centro da cidade?, conta Jorge Chaib, 74 anos.

Apesar de apegado às tradições, como demonstra o fato de até hoje se manter morando em casa e no centro da cidade, Jorge Chaib não seguiu de todo a tradição de comerciante do pai. ?Aos 15 anos, papai me mandou estudar comércio no Rio de Janeiro para quando voltasse, cuidasse da loja dele. Mas lá, além de me matricular na Academia de Comércio, me matriculei também em no curso de Direito. Após três anos, papai chamou-me e transferi o curso de Direito para cá. Fui trabalhar na loja, mas um ano depois meu tio chegou para ele e disse que eu não dava para o comércio?, diverte-se.

Nesse ínterim, Jorge Chaib casou-se com dona Teresa Omatti e em sua vida profissional ocupou vários cargos tanto ligados ao comércio quanto a área de Direito, a qual ele resolveu se dedicar. ?Lecionei na Academia de Comércio do Piauí durante 12 anos, fiz concurso para Agente Fiscal de Imposto no qual tive êxito, entrei na política e aqui fundei o PTB, fui procurador e superintendente do INPS, fundei a extinta Faculdade de Direito do Piauí, fui professor da UFPI . Aposentei-me pelo INPS e pela UFPI, mas fui ainda chefe da consultoria jurídica da presidência do Tribunal de Justiça do Piauí, TJ/PI, e secretário jurídico do TJ/PI, cargo do qual me desvinculei tem pouco mais de um mês?, resume.

Foi nesse clima de tradição e de muito bom humor que o advogado Jorge Azar Chaib recebeu a reportagem do Portal Medplan em sua residência para falar de sua história e paixão pelo Direito, bem como pelo ato de escrever. Jorge está lançando o quarto livro, desta vez o tema é a Revolução Francesa, e nós descobrimos que ele já tem praticamente pronto o quinto livro da carreira, que fala sobre o ?tempo?.

Portal Medplan ? Um de seus filhos acaba de se formar em Direito e o senhor foi homenageado pela turma. Como o senhor se sente com essa homenagem?

Jorge Chaib ? O Flávio Chaib é o filho que se formou nessa turma que leva meu nome. Sinto-me realizado na vida. Cumpri a missão que recebi na Terra. Meus filhos são muito bem criados e isso enriquece o coração da gente. Contribuí para todas as atividades que abracei. Tenho alguns diplomas de agradecimento pelos relevantes serviços prestados por onde passei como na organização administrativa do Estado de São Paulo, no governo Farias Lima; reconhecimento do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo.

Portal Medplan - O senhor nasceu no Piauí, mas tem descendência síria, morou fora muito tempo, tem familiares em São Paulo. O que o senhor sente pelo seu Estado natal?

Jorge Chaib ? Nasci aqui, minha família mudou-se para São Paulo, mas fiz a opção pelo Piauí. Não conheço nenhum país estrangeiro, no Rio de Janeiro tive boas oportunidades profissionais e não aceitei, recebi também convite para montar e dirigir a Unifor (Universidade de Fortaleza, no Ceará), mas preferi ficar e indiquei um amigo. Então minha opção é pelo Piauí.

Portal Medplan ? Qual o valor que o senhor dá à família na formação do homem?

Jorge Chaib ? A Família é fundamental, é a base de tudo, é a célula de todos os valores. É a família que leva ao desenvolvimento da moral, da ordem, da religião.

Portal Medplan ? Como o senhor avalia as denúncias de corrupção no Brasil atualmente?

Jorge Chaib ? Isso parece que é cíclico na história da humanidade. Os países são como as pessoas: nascem, crescem e desaparecem. Creio que isso é uma fase em nosso país, quando começa a haver divergência, chega uma revolução (mudança) e aí começa tudo de novo. Assim foi a Revolução Francesa.

Portal Medplan ? E por falar em Revolução Francesa, este é o tema de seu quarto livro. Por que a escolha o assunto?

 

A História da Revolução Francesa é seu mais recente livro

Jorge Chaib ? Na época que estudei, predominava no Brasil a cultura francesa, minha geração sofreu muita influência, por isso quis saber mais sobe o tema, me aprofundar.

Portal Medplan ? Qual é o seu maior prazer na vida atualmente?

Jorge Chaib ? Escrever

Portal Medplan ? Em uma palavra fale quem é a pessoa Jorge Chaib?

Jorge Chaib ? Um homem (risos)

Portal Medplan ? Livro atual de cabeceira?

Jorge Chaib - A história do tempo, que é o tema de meu quinto livro, que se chamará a Voz do Tempo.

Portal Medpaln ? Se não fosse jurista, o que seria?

Jorge Chaib ? Advogado (risos). Acho que escritor

Portal Medplan ? Comida Preferida?

Jorge Chaib ? Tudo (risos). Sabe por quê? Porque passei três anos no exército. Mas gosto de modo especial de frutos do mar.

Portal Medplan ? Faz alguma coleção?

Jorge Chaib ? De selos. O primeiro ganhei de um amigo, faz mais de dez anos.

Portal Medplan ? Viagens?

Jorge Chaib ? Só dentro do Brasil mesmo, mas talvez conheça mais o mundo do que quem viajou para muitos lugares, porque tenho prazer de viajar através da leitura, vendo filmes, documentários.

Portal Medplan ? E o seu humor, como é?

Jorge Chaib ? Me considero bem humorado. Quem se preocupa com os dissabores da vida, nada resolve.

Por Adriana Cláutenes Lemos (entrevista, texto e fotos)

Imprimir
Enviar por email
Comunicar erro
Permalink
Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!

Adicionar comentário