HOME > ARTIGOS



HOME > ARTIGOS




ARTIGO


O segredo de se manter magro

Você alguma vez já pensou no poder que a sua mente tem no seu processo de emagrecimento? Já pensou em combater em combater a causa ao invés das consequências?

Publicada em: 2017-01-05 09:28:00



O ano já começou e com ele vem todas as renovações de promessas e metas com relação à dieta, atividade física e bem estar. Até porque, vamos combinar né? Depois de um longo período festivo de muitas confraternizações  e comemorações difícil o ser humano que não ganhou um quilinho ou dois! Mas… se você é daqueles que já vinha mantendo o controle, criando novos hábitos de vida, você sabe exatamente como voltar a rotina saudável e eliminar peso se torna apenas uma consequência natural.

O grande X da questão está com aquelas pessoas que não reduziram peso antes, que não aprenderam a mudar seus hábitos e que na verdade já vinham com alguns excessos… Então nada melhor do que os primeiros dias de janeiro para começar a famosa dieta (de preferência aquela “milagrosa” que faz seus quilos sumirem em 7 dias), se matricular na academia (para dar aquela motivada você até compra umas roupas novas, muda o tênis, etc.) Porque afinal esse é o seu Ano de ser Fitness!

Até aqui tudo bem, mas com o passar dos dias o “bicho papão” de todos os anos anteriores resolve “assombrar” sua vida e destruir seus planos mais uma vez! Mas porquê?! você parecia tão determinado! O filme se repete de novo e de novo… o pior é que você já sabe que o desfecho não daquele tipo... “Felizes para sempre”.

Eis que proponho um questionamento: Você alguma vez já pensou no poder que a sua mente tem no seu processo de emagrecimento? Já pensou em combater em combater a causa ao invés das consequências?

Uma das concepções errôneas mais comuns sobre a perda de peso é que para ter sucesso basta enfocar no que você come ou em fazer atividade física. Na verdade mudar o que você pensa é um fator igualmente decisivo para conseguir comer e se exercitar regularmente de forma diferente, é preciso aprender a pensar de forma diferente.

Pode ser que você nem esteja consciente, ou não esteja completamente consciente, de como seus pensamentos influenciam a maneira que você come. Já se pegou tendo pensamentos do tipo: “Não tem problema comer mais chocolate, porque tive um dia ruim.”, “Não é justo que eu não possa comer com as outras pessoas”, “Eu sei que não deveria comer todo o sanduíche, mas não consigo resistir”?

Se você teve esses pensamentos e outros semelhantes é provável que não soube como reagir contra eles. Provavelmente tomou como simples verdades - e acabou comendo mais que o planejado. Então acabou surgindo outro pensamento de sabotagem: “Já errei, então vou comer o que eu quiser pelo resto do dia e recomeçar amanhã”.... e se você continuou por esse caminho, pode ter tido ainda um outro tipo de pensamento de sabotagem, um tipo que enfraquece a noção de autocontrole como: “sou um fraco”, “não acredito que já furei a dieta novamente”, “errei de novo! Nunca vou conseguir perder peso!”

Soa familiar? Esse tipo de  pensamento minam sua autoconfiança. Quando eles passam pela sua cabeça sem que você reaja, eles o colocam no caminho do fracasso, o desmoralizam e dificultam a volta para o caminho certo.

A única forma de perder peso e não voltar a ganhá-lo a longo prazo é desafiar essas ideias prejudiciais. Na verdade, isso é tudo que elas são: idéias. Não verdades! Quando esses pensamentos prejudiciais surgem, você precisa de uma reação poderosa para lembrar por que pretende continuar seguindo o seu plano e exatamente como pode fazer isso, seja qual o for a armadilha que você esteja próximo no momento.


Marina Medeiros | Psicóloga & Master Coach de Emagrecimento do Programa Mais por Você
Edição: F.C.